ismos.

Sabe aquelas sensações que vão aparecendo do nada e mexendo com nossos sentimentos? Então!

Essa semana tem sido um turbilhão de sentidos, já passei pela nostalgia, pelo saudosismo e agora estou contemplando o dózismo – ato ou efeito de sentir dó – palavra que inventei agora.

Não, não é sentir dó pura e simplesmente, é se mortificar pela situação de alguém e sentir por ela, ter empatia.

Tudo bem que na situação apresentada, a pessoa é de certa forma responsável pela sua própria situação, mas eu realmente não consigo deixar de lamentar pela pessoa. Eu já passei por situações de desespero e desesperança, então eu sei como é ruím, não gostaria de ver ninguém assim, tentar ajudar, sei lá.

Mas a verdade é que eu não posso, não sei o que fazer e nem se tem algo que eu poderia fazer, tô tentando pensar em algo, mas pensar não é o meu forte. Infelizmente!

Em relação aos outros sentimentos do turbilhão da semana, deixa pra lá.

Anúncios

Olá!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s