Olá!

Pelas minhas contas esse ano tivemos de nos despedir, até agora, de: Gabo, Ariano Suassuna, Rubem Alves, João Ubaldo Ribeiro, José Wilker, Luciano do Valle, Jair Rodrigues e Fausto Fanti (entre outros).

PQP, Fausto Fanti! 😦

E além disso também tive de comparecer a 3 velórios… amiga de infância da minha mãe, grande amigo do meu pai e uma vizinha que conheço desde que me mudei para esse prédio, RIP dona Alzira, aos 14 anos.

Tenso.

Ah e a noticia dessa semana foi um garoto (de 11 anos) muito ”esperto” que ficou correndo em volta da grade de um tigre no zoológico e tocando no bicho. Resultado, o tigre arrancou o braço dele.

O mais absurdo nisso é que foi o próprio pai do garoto quem o ajudou a se aproximar da jaula e ainda o incentivou a fazer aquilo. O garoto já tinha feito a mesma coisa com os leões e quis testar os limites do tigre… não deu certo! Aparentemente tigres não gostam de ser testados.

O que dá na cabeça dessas pessoas? É claro que ia dar merda! E depois perguntaram ao pai o que tinha acontecido e o mesmo respondeu “não sei, não sei o que aconteceu” ainda sem cair a ficha.

Pois eu sei o que houve e vou dizer… vtnc! você é um irresponsável, cara. Foi negligência sua e pode se preparar para assumir a culpa, tomara que seja processado por colocar a vida de seu filho e a do tigre em risco.

E o garoto vai ficar eternamente conhecido como a ”inteligente criança de 11 anos que tentou alimentar um tigre com o próprio braço”.

Oh god!

 

Anúncios

We did it.

Então… fazem duas semanas que a copa brasileira acabou e por mim ela duraria pra sempre. Que copa, minha gente!

((Sério, eu sou louca por copas do mundo e por mim elas aconteceriam todos os anos hehehe, mas sei que não é viável pelo alto custo e também pelos campeonatos internos que acontecem em cada país.))

Em pensar que até alguns meses antes de seu inicio, ainda tinham pessoas protestando contra a realização da mesma. E todas aquelas pessoas torcendo contra, pra que algo muito ruim acontecesse e que desacreditasse o Brasil – como um país para se visitar – eternamente.

Mas nada disso aconteceu e apesar de uma abertura ridiculamente tosca (em um estádio idem risos risos risos) e uma goleada que ficará como uma humilhação permanente, tudo deu certo.

Acabou e ficou com uma sensação de ”ah, já?” e o saldo foi super positivo, pelo menos no que diz respeito a capacidade do Brasil em organizar um grande evento como esse. Tiveram algumas coisinhas mas nada que prejudicasse como um todo.

Entre os turistas a satisfação pareceu garantida, pelo menos nos que eu pude encontrar nas duas vezes que fui na Fifa Fan Fest e nos passeios pela Vila Madalena.

Pós-copa a maioria dos turistas disseram ter vontade de voltar, e eu espero que voltem mesmo e que a imagem do Brasil mude pra melhor, novos investimentos em infra-estrutura, turismo e afins.

Ah e teve o futebol também né hahaha jogos de altíssimo nível e aquela impressão de que tudo mudou desde a última copa até agora.

Ver estrangeiros dizendo que não estão animados para a próxima copa por que acham que a atmosfera brasileira é melhor ou ouvir um egípcio falando ‘ah mas alemães parecem ser tão frios’ e responder ‘nos os brasilizamos e eles até jogaram por nós na final’ chega a bater um orgulhinho.

E os bons exemplos? Japoneses dando lição de cidadania, koreanos super animados naquele estilo oriental deles, argelinos, croatas e holandeses mega simpáticos, brasileiros ensinando como se levar na esportiva a ‘derrota das derrotas’ e argentinos… é, hahaha.

Com todos os problemas que o Brasil encara diariamente é tão bom ver como o futebol serve como um agente aglutinador e que todos pudemos aproveitar um pouco desse intercâmbio cultural acontecendo aqui.

Enfim, acabou e tudo correu bem e os pessimistas, vira-latas (não os cachorros) e haters terão de engolir que a copa de 2014 realizada no Brasil ficará marcada como a Copa das Copas.

Que venham as Olimpíadas.

OBS. Só não gostei do pouco caso que a Fifa fez com o exoesqueleto do Nicolelis na abertura, poxa, assisti só por isso e quase não passou.